.”Away Days” – o longa de sk8 da adidas.

  13092092_663698280455102_4633343086070870307_n

Hoje em São Paulo acontece a première do longa da adidas Skateboarding.  “Away Days” será exibido no vão livre do Masp com entrada gratuita. O evento terá início às 18h e contará ainda com uma exposição de fotos e apresentações musicais, além de grafite em real-time.

A equipe rodou mais de 90 cidades ao redor do mundo e levou mais de três anos para concluir o filme. Mark Gonzales, Dennis Busenitz e Lucas Puig são alguns dos nomes no grupo. Para a estreia, já estão confirmadas as presenças de membros do time global da marca, além de Rodrigo TX e Klaus Bohms, representantes brasileiros da adidas Skateboarding .

Klaus-Bohm.-Kickflip-Shifty.-Sao-Paulo

Abaixo, confira o papo que bati com Klaus Bohms:

Como você descreveria seu estilo de andar para alguém que não te conhece?

Difícil. Acho que tenho algo com a simplicidade, sem exageros. Manobras não muito complicadas mas com uma atenção na forma. Acho que extensão também descreve, por eu ser grande e ter as pernas cumpridas, as manobras se estendem talvez, ou alcanço algo um pouco mais alto, não sei, muito difícil falar de mim mesmo, posso estar completamente enganado.
Você já havia participado de uma produção de filme de sk8 desse porte? 

Essa é a maior produção de um filme de skate que já participei. Era o que eu esperava pois já viajo com o time da adidas em missões de vídeo há cerca de 7 anos, então o processo é algo que já estamos bem acostumados. A diferença do “Away Days” foi termos que nos concentrar na produção de conteúdos mais específicos de foto e vídeo, termos uma responsabilidade maior quanto a coisas que vão além de manobrar.

Onde vc filmou? SP está no filme?

No vídeo tem imagens minhas na Russia, China, Estados Unidos e Alemanha. Em São Paulo aparecem algumas imagens minhas de comportamento, não de manobras, porque quebrei o tornozelo enquanto filmava por aqui. Mas SP está no filme com manobras do Rodrigo TX em alguns picos clássicos e com o Miles Silvas no Vale do Anhangabaú e na praça Roosevelt.

Como foi a idealização desse projeto e a dinâmica para filmar com pessoas de tantos lugares diferentes? 

Tiveram a ideia há 3 anos, simplesmente porque produzir um full lenght é o sonho de toda equipe de skate e quando a equipe se consolidou com tantos nomes de peso, era algo que tinha que acontecer. Como o time é formado por 23 skatistas é impossível que todos participem de todas as turnês, então eles dividem grupos. As únicas vezes que o time inteiro se reuniu foram em SP em 2011, Barcelona no começo desse ano e na premiere do vídeo em Los Angeles na semana passada. A convivência é o mais interessante, temos 10 nacionalidades no time, o que no começo era choque cultural agora, passado tanto tempo, se normalizou e temos uma convivência no mínimo peculiar.

Quem participa e quem dirigiu?

Todos os skatistas do time global e internacional da adidas skateboarding estão no vídeo. Juice Design assina a produção. Eles já fazem toda a parte de comunicação pra adidas desde o começo dos trabalhos da marca com skateboarding, são todos skatistas e sabem muito do que fazem. A assinatura da direção fica com Matt Irving, co-criação Jascha Muller.

13177630_663698730455057_4607858705606602040_n

Você tem música nesse filme?
No filme não. Mas o projeto Away Days tem também uma web série chamada “Far&Away”, com 7 episódios que começaram antes do lançamento do filme e terminarão após as premieres. Pra essa webserie produzi 12 músicas.

Cite cinco músicas que não podem faltar no seu fone num rolê de skate

My Girls – Animal Collective
Trap Door – MF Doom
Now – White Flight
Crawshay – Cymande

Água Viva – Pedro Santos

Vocês estão viajando para divulgar o filme. Por onde já passaram e como foi a experiência?

Los Angeles, New York, Londres, Paris, Tokyo e nesse momento estamos em São Paulo, mas ainda estamos na metade da jornada. Eu fui pras premieres de LA e NY e foi inesquecível. Em LA subimos no palco com Snoop Dogg que foi o chefe de cerimônia, nos apresentando, foi uma doideira. Agora vamos pra Buenos Aires na semana que vem. Tem sido divertido, um momento de curtir os resultados e comemorar.

Quais seus filmes de skate favoritos?
Transworld ‘The Reason’, todos os On Video, Eastern Exposure, Static I II III IV, os vídeos da FESN, Menikmati, Flip Sorry, Cherry… essa lista não caberia aqui se eu continuasse.

A adidas lançou um tênis com seu nome. Você participou ativamente dessa criação? O que você pediu que esse tênis tivesse?
Nós não criamos um tênis ‘do zero’. Escolhi o modelo e criamos as cores. Foi o Campus Vulc, que é meu tênis favorito pra andar de skate e tinha todo um histórico que me atraía, com a imagem dos Bestie Boys associada entre outras coisas. A cor foi inspirada no meu interesse por cinema preto e branco na época.

Qual seu lugar favorito em SP pra andar? E no mundo? 

Atualmente é a praça Roosevelt. No mundo é muita coisa pra escolher, Warschawer Benches em Berlin , Macba e Sants em Barcelona, Soma em San Francisco…

Alguma curiosidade das filmagens que não vamos ver na estreia sexta feira? 

Incontáveis. Imagina viajar durante 3 anos com 23 loucos cada um de uma nacionalidade!? É história pra todo estilo, surrealista, hiper realista, realismo fantástico, comédia pastelão… Tenho uma história de dôr de barriga nas ruas da China (onde nos bairros mais clássicos os banheiros são buracos no chão e não há papel higiênico nem portas), deixo em aberto pra sua imaginação (foi mal).