.Gucci masculino – inverno 2016.

gucci-inverno2016-milanmen-8-654x981

Um perfume andrógeno, poético e retrô permeou a coleção  inverno 2016 masculina da Gucci que aconteceu ontem em Milão. O que poderia ser um olhar para o passado, porém, foi uma espiada no futuro da marca.

Depois da saída da diretora criativa Frida Giannini no início de janeiro (antes do previsto) a marca conseguiu apresentar uma coleção feita em -acreditem- uma semana. O trabalho foi comandado pelo diretor de acessórios da grife Alessandro Michele.

O que se viu foi um coleção bem mais jovem e moderna (por mais paradoxal que isso possa parecer) . As camisas em chiffon com amarrações no pescoço (pequenas ou generosas) tinham também botões nas costas. A silhueta, os tecidos, a cartela de cores e o grafismo eram a cara daqueles produtos Gucci que a gente comemora quando garimpa em brechó. As jaquetas militares surgiram menores ou bem amplas, um pouco mais ousadas.  O homem Gucci de Alessandro era quase frágil. Um artista, um poeta, e em alguns momentos, um músico a la 60’s.

Nos dedos os aneis davam um charme boho, assim como as bolsas estilo carteiro, mas que não eram usadas a tiracolo. O casting trazia mulheres (está na moda), mas fez todo o sentido. Eu que adoro um estilo boyish, fiquei de olho em algumas coisas ali. Ou será que o estilista é que estava de olho no nosso armário? Que venha a coleção feminina.

gucci-inverno2016-milanmen-36-654x981

Captura de Tela 2015-01-20 às 18.23.11gucci-inverno2016-milanmen-2-654x981 gucci-inverno2016-milanmen-35-654x981 gucci-inverno2016-milanmen-30-654x981 gucci-inverno2016-milanmen-26-654x981 gucci-inverno2016-milanmen-1-654x981

Captura de Tela 2015-01-20 às 18.21.46gucci-inverno2016-milanmen-15-654x981

_A2X0345gucci-inverno2016-milanmen-20-654x981 gucci-inverno2016-milanmen-16-654x981 gucci-inverno2016-milanmen-38-654x981